Quem sou eu

Minha foto

Graduada em Processamento de Dados
Pós-Graduação em Gestão Estratégica de Negócios

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

E viva a Oposição!

Uma sessão da Comissão de Orçamento quase termina em MMA, graças às manobras pouco “republicanas” de alguns membros da base de apoio do Governo. Papéis retirados da mesa, algumas ofensas e  uma votação feita de forma vergonhosa que deixaria qualquer trombadinha de esquina ruborizado, acabou por aprovar o projeto do Governo que muda a LDO, transformando  déficit em superávit . Hoje, após duas reuniões com Renan Calheiros, foi decidido que haverá outra votação. A ameaça de levar o caso ao Supremo, solicitando o cancelamento da sessão que nem quórum tinha deve ter ajudado na decisão de Renan.

É vergonhosa a submissão dos congressistas da base e  é igualmente constrangedor ver até que ponto chegaram para aprovar este projeto. Duvido que haveria tamanho empenho se o que estivesse em jogo fosse a correção da Tabela do SUS, que não sofre reajustes desde 2007 e é o principal motivo da perda de mais de 13.000 leitos em hospitais. Comportam-se como se funcionários do Planalto fossem e não como representantes do povo. Pensam que ninguém neste país, após tomar conhecimento da extensão, dos valores e principalmente dos beneficiários da operação Lava-Jato se pergunta o que está por trás de tanta dedicação? Pensam que a distância entre Brasília e o Brasil é tão grande assim? Que sejam penalizados governos e prefeituras, mas que não se utilize o Congresso para mudar, depois do crime, a lei que considerou o ato como tal.

Parabéns aos membros do PSDB e DEM, que durante quatro horas tiveram que apelar para todos os pontos do Regimento Interno na tentativa de impedir um golpe destes. Se os parlamentares da base estão preocupados com o repasse de verbas, que comecem a pensar no rebaixamento da nota do grau de investimento do Brasil no mercado internacional, agora que os cofres estão secos, graças às gastanças em ano eleitoral, feitas sem medida e sem responsabilidade por aqueles que agora querem mudar a lei. E não se esqueçam que precisamos de investimentos e capital que permaneça no Brasil e não daquele que vem atraído apenas por altas taxas de juros, realiza seus ganhos e vai embora. Se for para sangrar,que seja agora e de uma vez. Que o mundo receba no Brasil pelo menos um sinal de que o país é sério. Afinal, depois de esconder dados oficiais, maquiar as contas públicas por três anos utilizando diversas pedaladas, interferir em todas as esferas do governo, parecer e agir como a Argentina, precisamos agora fazer um esforço imenso para que  no exterior não continuem pensando que de fato a capital do Brasil não é Buenos Aires.

Um comentário:

  1. A reunião de hoje da Cimissão do Orçamento terminou sem votação. A base go governo não conseguiu o voto de 18 congressistas para votar o projeto após a leitura do relatório. Daqui dois dias será feita outra reunião e haverá votação.
    Contacte o deputado de sua região para que ele vote contra a alteração da LDO

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu comentário: