Quem sou eu

Minha foto

Graduada em Processamento de Dados
Pós-Graduação em Gestão Estratégica de Negócios

sexta-feira, 24 de outubro de 2014

Mata no peito, Aécio!

Campanha chegando ao fim, dia do último debate entre Dilma e Aécio.  Depois da saraivada de mentiras e de uma campanha nada “republicana”, em que na reta final comitês e empresas de telemarketing foram usados para propagar mentiras sobre o fim do Bolsa Família e sobre Aécio Neves, me pergunto o que sobrou de artilharia para este debate para Dilma. Gostaria de salientar que no caso das ações de “marketing odioso” utilizados contra Aécio e contra os beneficiários, foram utilizados dados cadastrais destas famílias, que pertencem ao Governo Federal e que não são um   mailing do PT. Estas ações, mais que provadas pelo número de denúncias e de mensagens que estão circulando por aí, certamente servirão de base para processar a candidata por crime eleitoral. Candidata sim, porque uma Presidente nunca sequer cogitaria em misturar o público com o político de forma a divulgar dados pessoais e expor estas pessoas à riscos futuros. Afinal, não se coloca apenas a faixa e assassina-se o português ao tomar posse, mas também há o comprometimento em honrar a Constituição Federal.

Espero que a Equipe de Aécio tenha feito um levantamento cuidadoso de todas as mentiras propagadas pela candidata, que tenha elaborado uma relação dos crimes cometidos no decorrer desta campanha, que ele não tenha um minuto sequer de hesitação em falar o que milhões de brasileiros querem falar para Dilma. Que mais uma vez ele seja a voz dos que não tem como se expressar, que ele personifique a indignação do brasileiro e que ao final não sobre nada além de uma mulher de meia idade que é chamada à razão pelos atos que cometeu e que teve inúmeras chances de provar que todos estavam enganados,  de rever suas atitudes,mas que se preocupou mais com a próxima mentira.

Espero que Aécio nem por um segundo se preocupe com o tom, com a agressividade e com outras tantas coisas que se falou durante esta campanha. Eu mesma publiquei um post pedindo para que os candidatos focassem no debate político e eis que a postura de Aécio no debate da Record passou a ser explorada como fraqueza. Que ele na se acovarde, não se cale, que não deixe nenhuma pergunta sem resposta e que cobre todas as explicações que temos direito.

Fica aqui meu pedido: Mata no peito, Aécio! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário: