Quem sou eu

Minha foto

Graduada em Processamento de Dados
Pós-Graduação em Gestão Estratégica de Negócios

domingo, 19 de outubro de 2014

A natureza de cada um



Um elefante e um escorpião estão à beira de um rio e precisam chegar ao outro lado. O escorpião pede que o elefante o leve em suas costas, mas o elefante, temeroso , pergunta ao escorpião como ele pode confiar nele, já que sua picada é fatal. O escorpião ri da preocupação do elefante e garante que não fará mal algum ao amigo de ocasião. No meio da travessia, o escorpião pica o elefante, e este, sentindo a morte chegar, pergunta por que o escorpião fez isso uma vez  que os dois vão morrer. O escorpião responde que é sua natureza. Este é o plano do PT para os últimos debates da campanha.

Cada um de nós tem sua natureza, sua essência. Muitas vezes conseguimos ocultá-la sob camadas de educação e civilidade, mas ela está lá, quando menos se espera, ela eclode. Assim, pode-se dizer que está na natureza da pessoa mentir, usar as pessoas conforme sua conveniência, abusar bem como também fazem parte da natureza de cada um amar, ser leal, ser fiel e por aí vai. Quando conhecemos alguém novo em nossas vidas, às vezes vemos esta pessoa sob o nosso prisma. Quando tomamos contato com os defeitos, muitas vezes pensamos que podemos mudar a pessoa, só que esquecemos que aquilo que é intrínseco à sua personalidade, ou seja, sua natureza, é imutável.

Acreditar portanto, que o PT e Dilma farão um novo governo regido pelo respeito às instituições, ao processo democrático, à pessoa e ao patrimônio público é quase um desperdício de emoção. Acreditar que campanha de Dilma preservará o foco do debate em políticas e idéias é ignorar sua real natureza. Esta semana em especial foram feitas várias denuncias de irregularidades cometidas por membros e pela Coordenação de Campanha de Dilma. Para quem ficou chocado com o uso descarado dos Correios na distribuição gratuita de material de campanha, é de estarrecer  as denúncias e a exibição de uma gravação que prova que a deputada eleita e ex-ministra Maria do Rosário tem uma equipe de telemarketing ligando para pessoas que recebem o Bolsa Família para alertá-los que caso Aécio e Pedro Ivo vençam elas perderão o benefício. O detalhe: para ligar para estas pessoas eles estão utilizando a base de dados do sistema! E ao que tudo indica, semelhante afirmação tem sido feita por candidatos já eleitos em outros estados.  Espero francamente que, uma vez diplomados, tenham seus mandatos cassados imediatamente por crime eleitoral. Ontem, na Avenida Paulista em São Paulo, era projetada na fachada de um prédio uma apresentação que desconstruía a imagem de Aécio Neves. E desde ontem há denúncias falaciosas envolvendo o ex-senador Sérgio Guerra e o PSDB como beneficiários dos desvios da Petrobrás. Interessante é que no caso do ex-senador há uma declaração que ele recebeu R$ 10 milhões para barrar a CPI da Petrobrás de 2009. Mais interessante ainda é que a CPI em questão tinha a participação de apenas três senadores da oposição, o que tornaria a tarefa impossível. Além disso, os senadores oposicionistas elaboraram 84 requerimentos pedindo apresentação e quebra de sigilo bancário além de intimações à testemunhas. Mais de 70% dos requerimentos foram rejeitados pelo relator, Romero Jucá do PMDB.

Ontem Dilma admitiu que houve desvios na Petrobrás, hoje com certeza usará estas denúncias no debate com Aécio Neves,  que ao que tudo indica, será nuclear. Ontem também foi publicado que a campanha de Gleisi Hoffmann, ex-ministra da Casa Civil, Senadora eleita e licenciada do cargo para a disputa do Governo do Paraná,  recebeu R$ 1 milhão do esquema de Paulo Roberto da Costa. Esta denúncia precisa ser investigada com atenção redobrada pois se falsa causará um  prejuízo moral e político imenso à Gleisi;  porém se verdadeira,  será preciso  averiguar também algumas  denúncias feitas por André Vargas que trabalhou no início da campanha como coordenador. E para além do debate, em caso de vitória de Aécio Neves, será preciso investigar a fundo os contratos firmados com alguns grupos de comunicação para divulgação das peças publicitárias do Governo.  Ao que parece, eles são o motivo por trás de algumas publicações e denúncias nesta última semana. Pelo empenho demonstrado e risco assumido, certamente tem algo de podre aí.

E para terminar, a Petrobrás será investigada nos EUA pela SEC – Securities and Exchange Commission para verificar se a Petrobrás infringiu a legislação americana anticorrupção e se houve prejuízo aos acionistas. Caso fique comprovada a infração e o prejuízo,  a Petrobrás será penalizada e seu Conselho Administrativo também, do qual Dilma fez parte até 2010. Mais uma boa notícia para a Presidente-Candidata. Dificilmente ela poderá dizer que não sabia de nada e sair impune.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário: