Quem sou eu

Minha foto

Graduada em Processamento de Dados
Pós-Graduação em Gestão Estratégica de Negócios

sábado, 13 de setembro de 2014

Pesquisas eleitorais


Quem acompanha meu blog sabe que tenho sérias reservas com relação às pesquisas eleitorais. Compartilho a mesma opinião de quem conhece o mínimo sobre estatística. No caso das pesquisas eleitorais o problema será sempre a amostra, que para refletir realmente uma opinião não pode ser colhida em redutos. Sendo assim, não posso fazer uma pesquisa sobre a importância do consumo de carne em points vegetarianos. Não é a toa que institutos de pesquisa foram muito questionados após as últimas eleições.

Depois disso, vem a análise dos dados. Quem esqueceu da pesquisa publicada pelo IPEA em Abril sobre mulheres em trajes provocantes e o “merecimento do estupro”? Agora, antes de tudo,vem a intenção. Este ano foi pródigo em pesquisas que embasaram decisões governamentais altamente discutíveis, como por exemplo a reserva de cargos nos serviços públicos para negros. Os brancos já nascem ricos, com posições já definidas na sociedade?  Há algum sistema de castas que todos desconhecem? A Índia é aqui? O próximo tiro será dado contra médicos e militares, já que há uma pesquisa que  identificou como estas profissões como as que geram maiores rendas.


Diante disso, não consigo acreditar nas pesquisas que apontam Dilma com 37 ou 39% da
preferência do eleitorado. Como não acredito que a população do Brasil não é formada em sua maioria por estupradores, também não creio que seja composta em sua maioria por corruptos ou pessoas estúpidas. Veja bem o absurdo : em um final de semana há denúncias feitas dentro do âmbito da Polícia Federal que apontam para a existência de um novo mensalão, desta vez montado através contribuições de empreiteiras em contratos firmados com a Petrobrás. Este é o Petrolão. Nas denúncias que começam a ser cruzadas com os valores de doações, fica claro que Paulo Roberto Costa não está mentindo. Além dos vinte e três milhões de dólares que ele tem na Suiça está em jogo penas que podem chegar à quarenta anos, como às que foram aplicadas a Marcos Valério. Ninguém consegue crescer com um peso deste nas costas! Dá quase um bom trocadilho.

Agora vem o milagre da migração dos votos. Cai Aécio, sobe Marina. Cai Marina e sobe Dilma. Aécio continua estagnado, ou seja , quem pensou em votar nele,mudou para Marina e depois para Dilma? Não há formação, identificação, convicção ou opinião nestas eleições?  Pelas análises do crescimento da candidatura de Marina Silva, um dos fatores apontados foi a migração dos eleitores do PSDB, partido muito cortejado pela própria Marina para montar sua equipe de governo. Tão cortejado que ontem FHC que está em Chicago teve que desmentir contatos com representantes da campanha de Marina. Aliás, se o PSDB precisasse de uma referência quanto a sua capacidade de governar, não poderia ter pedido uma melhor, que é o reconhecimento dos oponentes de campanha.

Termino aqui meu texto com um conselho: Não queira adotar estratégias de BBB em eleições. Vote consciente e de olho no futuro. Não desdenhe dos casos de corrupção e negociatas,já que tudo envolve duas mãos. Ninguém da 3% de um contrato bilionário ( 3% sobre um bilhão, já pensou?) a troco de nada. Estamos vivendo uma época em que não basta superfaturar, tem que fazer de qualquer jeito. Não é a toa que viadutos novos caem, prédios e casas construídos para habitação popular no meio da obra já apresentam problemas estruturais. Você merece mais! Você paga impostos dignos de países de primeiro mundo e recebe bens e serviços de terceiro mundo. Esta é a oportunidade para você mudar e muitas vezes, a oportunidade passa de lado, às vezes chega até assustar,mas passa uma vez só!

Um comentário:

  1. Há cinco dias pergunto em minhas redes sociais quem foi entrevistado pelo #Ibope e pelo #Datafolha e ninguém foi. Caso você consiga ser entrevistado por um destes institutos, grave, poste e identifique a cidade e o estado. Sou eleitora há 28 anos e nunca fui entrevistada.

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu comentário: