Quem sou eu

Minha foto

Graduada em Processamento de Dados
Pós-Graduação em Gestão Estratégica de Negócios

quarta-feira, 11 de junho de 2014

O inverno e os procedimentos estéticos faciais


O número de procedimentos estéticos aumenta bastante no inverno, pois  a incidência de raios ultravioleta B é menor  e as baixas temperaturas são aliadas poderosas no processo de cicatrização, diminuindo o desconforto causado por estas intervenções.

Os procedimentos faciais mais executados são as cirurgias plásticas e peeling com Laser Fracionado de CO2.Este tratamento é menos invasivo e muito eficaz  no tratamento de rosácea, cicatrizes de acne, “bigode chinês”, estrias e manchas na pele, além de melhorar bastante a aparência e atuar na recuperação da flacidez da pele.

A aplicação do laser estimula a produção de colágeno e destrói as células antigas, dando espaço para o nascimento de novas células. O número de sessões que serão necessárias depende de uma prévia avaliação por um dermatologista. Muita atenção ao procurar um profissional da área,pois o uso de laser tem algumas contraindicações. Muito cuidado com as propagandas enganosas. Além do profissional que deve ser especializado em dermatologia e ter especialização neste tipo de tratamento, deve-se procurar conhecer o equipamento, cuja procedência é de fundamental importância para diminuir riscos. Lembre-se que há pouco tempo vários equipamentos para aplicação de laser em terapias dermatológicas foram aprendidos pela polícia e tinham várias irregularidades.Não tenha vergonha de perguntar!

Para as pessoas que forem se submeter a procedimentos cirúrgicos, também vale a mesma indicação. Você deve procurar um cirurgião especializado. Para isto, você pode consultar o site do Conselho Regional de Medicina de seu estado e digitar o número do CRM do médico. Consulte também suas amigas, para obter maiores informações e leia bastante, porque tem várias técnicas novas em cirurgia plástica, algumas bem mais suaves e que dão resultados excelentes.

Como em todo preparo para cirurgia, você deve passar por uma avaliação cardiológica que inclui exames de sangue e podem incluir também o teste ergométrico. Após a avaliação do cardiologista, vem a consulta com o anestesista, que, após analisar seus exames e diante do nível de complexidade do procedimento, irá orientá-la para o preparo anterior à cirurgia.


Tire todas suas dúvidas e procure se informar bastante. O pós-operatório é tão importante quanto o procedimento em si. Siga todas as instruções do médico ao pé da letra, sobretudo quanto ao repouso e quais atividades você deve evitar e por quanto tempo. Cuide-se bem  nesta ocasião e que você consiga conquistar todos seus objetivos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário: