Quem sou eu

Minha foto

Graduada em Processamento de Dados
Pós-Graduação em Gestão Estratégica de Negócios

quinta-feira, 26 de junho de 2014

Grandeza pessoal

Hoje saiu a decisão da Fifa sobre o caso do jogador Suárez, do Uruguai. Para a seleção do Uruguai, foi péssimo, porque ele foi uma peça muito importante nos dois últimos jogos, para quem acompanhou todo o processo, uma punição severa porque acaba por afetar também seu time, que não poderá contar com ele durante o campeonato. Porém, o comportamento dele, enquanto homem adulto e profissional é inexplicável e fica pior quando leva-se em conta que esta é a terceira vez que ele age desta forma.

Não melhora em nada também lembrar que uma seleção de futebol é a escolha dos melhores jogadores que representarão seu país em uma competição internacional com os melhores de outros países. Diante do tamanho do espetáculo, sob o olhar do mundo, qualquer gesto pode ser fatal. É preciso também ter no mínimo, noção do que seja  grandeza pessoal. Ter grandeza pessoal e ser grande no que você faz não significam a mesma coisa,porém um completa o outro.

Ter grandeza é saber que você é parte importante de algo muito maior, é saber que você pode fazer a diferença, é ter humildade em conhecer seus limites para trabalhar para superá-los, é entender o limite do próximo e inspirá-lo a ser melhor, é buscar o melhor pelo melhor, é ser a melhor pessoa, é ter gratidão por quem te ajudou e por quem te cerca, é ter generosidade, ser digno de confiança, não buscar apenas sua satisfação, mas fazer aquilo que é melhor para todos e infelizmente, algumas vezes não é exatamente o melhor para você .É não se apequenar.

A grandeza  deveria ser inerente a todos, mas ela é especialmente indispensável nos que ocupam cargos públicos e nos que passam a ter uma vida pública através de sua imagem. Os primeiros porque lidam com o que pertence a sociedade. Embora donos de uma parte enquanto cidadãos, eles tem os mais sérios compromissos com aqueles que os colocaram lá para defender os interesses e o bem da coletividade. As suas decisões deixam de lhe pertencer a partir do momento que atingem a todos. Os segundos, porque  formam opinião. Sua imagem associada a um produto transmite a confiança que as pessoas depositam nele, é como se o produto fosse dele. As pessoas querem ouvir o que ele tem a dizer, querem saber como ele é.

Os valores dos contratos que estes atletas assinam são às vezes estratosféricos. Geralmente eles tem uma equipe grande de pessoas ao seu redor, para orientá-los e evitar deslizes, o que torna o comportamento dele ainda mais singular. Problema psicológico, brincadeira, só ele poderá explicar o que aconteceu. Mas a verdade é que há  excelentes jogadores, mas poucos serão lembrados por sua grandeza.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário: