Quem sou eu

Minha foto

Graduada em Processamento de Dados
Pós-Graduação em Gestão Estratégica de Negócios

terça-feira, 13 de maio de 2014

Viver em democracia é conviver com as diferenças

A Democracia é uma forma de governo onde a soberania é exercida pelo povo. É um conceito amplo e é um desafio constante, porque nos faz abrir mão de nosso interesse particular em benefício do bem maior, que é o da coletividade. Abraham Lincoln, em seu famoso discurso em Gettysburgh, define bem o caráter de um governo democrático, nas linhas finais onde ele fala “... que esta Nação, com a graça de Deus renasça na liberdade e que o governo do povo, pelo povo e para o povo jamais desapareça da face da terra.”
Além das nossas diferenças individuais, temos as diferenças coletivas, mas o bem maior sempre deverá ser o do povo. Ainda é cedo para prever os resultados das eleições deste ano, mas é importante que nunca mais esqueçamos as lições que os 12 anos de governo PT deixaram.
1.Não se governa um país para beneficiar um partido. Um partido político representa meramente os ideais e a vontade de pessoas, que elegerão pessoas baseadas nessas premissas.
2. Ninguém é dono do poder. O poder, os cargos, o dinheiro, as empresas, são  do povo e pertencem ao povo, para serem usados em seu benefício.
3. A Democracia pressupõe a representação da vontade da maioria, atendendo as necessidades da minoria, e não o contrário.
4. As instituições não existem para responder aos interesses de um grupo. O papel delas é maior. Quando se enfraquece uma instituição, demora-se anos para que as pessoas confiem nela novamente e manda-se um recado muito pernicioso à sociedade, que é a falta de freio, o vale-tudo.
5. Teria sido mais barato, mais seguro e melhor para todos ter governado com oposição. O poder absoluto cobra um preço muito alto e o que estamos vendo na Petrobrás é só uma parte da fatura.
6. Não deve-se pregar divisões em um país, com propósitos eleitoreiros. A riqueza do Brasil vem de diversas fontes, inclusive dos “eles” que também pagam impostos, trabalham e empregam. Um não existe sem o outro.
7. Imprensa livre não é oposição. Não tente dizimar seus opositores mentindo, distorcendo os fatos, sujando suas reputações. Quem tem telhado de vidro não deve jogar pedras nos outros.
9.Reconhecer os benefícios feitos pelos governos anteriores e aprender com seus erros e acertos. Geralmente, as coisas são feitas por uma razão e quando não aprendemos uma lição, temos que repetir a aula novamente. O governo PT pode ter surfado na época da estabilização econômica, herança de outros governos,mas trouxe de volta a inflação. Quem viveu aquele período trabalhando, não quer passar por isso de novo.

Não vamos negar os benefícios sociais que foram alcançados, mas o preço foi muito alto. Penso também que a campanha eleitoral deste ano será pesada, porque não trata-se apenas da mudança de governo, mas do desalojamento em massa de muita gente que ocupa posições muito acima de suas capacidades e méritos. Ninguém abre mão disso suavemente, não depois de doze anos. É uma pena que tenhamos que passar por isso, que o debate não tenha saído enriquecido, que muitos talentos não tenham sido somados para melhorar nosso país, que não tenhamos posto em uso o melhor de todos,mas é algo que cumpre-nos mudar enquanto há tempo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário: